sábado, 26 de janeiro de 2013

#Resenha: Vivo Ou Morto - Luiz Antonio Aguiar

Lançamento: 2004
Autor: Luiz Antonio Aguiar
Editora: FTD
Gênero: Literatura brasileira - Ficção
Avaliação
Páginas: 144
 
Vivo ou mortoSinopse:
Neste livro são apresentadas duas realidades - a do tráfico de drogas no Morro da Bruxa e a do condomínio da Zona Sul. Mãezinha, chefe do tráfico, tinha afinidades com Naique, seu braço direito. Não faziam questão de morrer de velhice. Guido morava na Zona Sul, sofria por não saber escolher entre uma viagem para os Estados Unidos ou ficar com a namorada. Por acidente ele é sequestrado pelos traficantes e passa a conviver com a criminalidade, até outro bando invadir o morro, quando ele consegue fugir.



Resenha:
Falar de livros brasileiros, que não seja best-seller e que foge do clichê é bem diferente e bem mais difícil.. Ganhei esse livro de um amigo, ano passado, e nunca pensei em falar dele ou comentar, já que não se trata de um livro famoso ou conhecido. Quando ganhei fiquei bastante curioso por causa do título ' vivo ou morto ' logo veio na minha cabeça que o livro teria gente morta e uma pessoa viva pra contar a estória rs, besteira da minha cabeça mas foi o que pensei quando li, e essa capa também me deixou curioso,  quando li a sinopse logo pensei que o livro seria muito, mais muito chato mesmo, como estava de férias resolvi ler. Quando comecei a ler fiquei bastante tenso pela linguagem do livro, vários palavrões e violências, que já é pra se esperar vindo de um livro que contém tráfico e drogas. O livro começa quando Guido um rapaz rico, com uma vida boa que todo adolescente sonha é sequestrado por traficantes e mantido isolado, deixando sua família bastante preocupada, no decorrer do livro você fica por dentro de tudo que os traficantes faz, sentem, posso até falar que o livro é bastante pesado em termos de violência, me lembrou muito tropa de elite. Eu me envolvi demais com a estória, pude sentir o que uma pessoa que é raptada por pessoas bastante perigosas passa, um verdadeiro desespero, e no livro podemos ver que existe traficantes que estão nesse rumo por falta de opção e que se pudesse viveria sem causar sofrimento nas pessoas. Esse livro me surpreendeu muito, e eu realmente adorei ter lido algo diferente, só pra constar li o livro em um dia, além de ser curto lhe prende a estória para saber o que acontece com os personagens e principalmente com o Guido. Indico esse livro para todos que procuram uma leitura diferente, e conhecer um pouco desse mundo de tráfico, drogas e violência que tanto acontece ao nosso redor.
Eduardo Alves, 27/01/2013


5 comentários:

JefsonMR disse...

Esse livro trás um contraste entre duas realidades totalmente diferentes e que nos mostra os dois pontos de vista das personagens. Você passa a entender o lado dos traficantes que crescem em uma realidade totalmente diferente. As facilidades que o mundo do crime oferece a eles. As dificuldades que eles passam para crescer na hierarquia do mundo do crime. Do outro lado, temos um garoto rico que não tem nada a ver com a história. Ele é sequestrado por acidente e tenta entender e fugir daquela situação. Um dos momentos que mais me tirou o fôlego foi na fuga de Guido, que para mim, foi a parte mais emocionante da história.

Delírio Literário disse...

Verdade, a fuga de Guido foi bem tenso..

pimeentaliteraria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Delírio Literário disse...

:D

Anônimo disse...

Amei esse livro, já li ele há muitos anos atrás e gostaria muito de poder ler novamente pela internet

Postar um comentário